segunda-feira, 25 de julho de 2011

Solidão é preciso


Mudar de vida, solidão é preciso, dicas.




Falar sobre a solidão no mundo de hoje é como ler um completo livro de poesias e não entender absolutamente nada. Ninguém compreenderá o seu significado, muito menos o que se sente. Com tanta rapidez e modernidade, encontrar um tempo somente para si é tremendamente complicado.

Para fazermos parte de tudo, temos que seguir a linha família-estudo-trabalho-vida social, que quando escutamos alguém dizendo que se sente só, soa quase como que um palavrão. A grande verdade é que a resposta é sim, sinto-me terrivelmente sozinha ás vezes. E que sim, gosto do sentimento. A solidão, quando bem dosada, nos faz pensar na vida como um todo, faz-me pensar em tudo que realizei e em tudo que ainda quero realizar.

Uns dizem que solidão dói, outros que nem a sentem, para alguns é necessário, para outros é descartada. Eu caminho pelas estradas obscuras e esburacadas do sentimento de vez em quando. Confesso que na caminhada, sinto-me completamente em casa, pois sei onde estará cada buraco e cada curva. Sei também onde ela termina e onde começa. Aprendi a encontrar atalhos e seguir trilhas. Mostro para as pessoas suas vantagens. E que negócio é esse de encontrar vantagem na solidão, falam. Sorrio. Falo que é preciso.

Tudo o que vivenciamos hoje, passa-se despercebido como um dia normal. Vemos a vida passar pelo retrovisor. Não a assistimos de frente. Preferimos escolher as coisas básicas ao invés das mais complicadas. Somente iremos perceber da rapidez com que a vida passou, quando analisarmos profundamente tudo o que nos aconteceu. Poderia ter feito isso, ao invés daquilo. Pensaria diferente se tivesse outra oportunidade. Falaria o que realmente estava pensando se pudesse.

Chegar em casa e estudar um pouco os significados da vida não terá consequências pesadas. Sentir-se imensamente sozinha nesse momento é mais do que necessário. E entender todas as escolhas feitas até então. Não existe nada mais digno da vida do que sentir um pouco todos os sentimentos negativos que muitos vivem diariamente.

Na solidão, transformo tempestades em dias ensolarados. Sinto que agora, a própria forma personificada da solidão caminha ao meu lado,  pois para ela eu causo o mesmo efeito devastador que antes ela causava na minha vida. 




Ps.: escutando o álbum "21" - Adele

Leia também: Luzes e sombras e Introspecção

6 comentários:

dionete disse...

Pais, já se foram,
marido, virou ex
filhos não tive.
Hoje moro só, não lido bem com a solidão, ela me incomoda me sufoca.
Sinto necessidade do tato, do abraço,da conversa fora vendo tv, comer pipoca, tomar vinho branco geladinho e conversar agarradinho!
Seja com namorado, irmã, amigos.
Sinto falta..
Muita falta..
Bjus..
Te sigo bem de pertinho..
Me visite,
cantinhoreflexoes.blogspot.com
Dionete

Anônimo disse...

Minha linda...quando temos Deus no coração nunca estamos só,porém amigos são famílias que adotamos para em nosso lada estar...amo o meu ´próximo como a mim mesma,Você é mais eu sou mais,perante Deus somos iguais...iluminada noite,Vanessa Fernandes!!!

T.H.A.R.Y disse...

Isso é verdade! Eu acho que as vezes a solidão é bom para fazer-nos refletir em nossos atos!

Camila disse...

Dionete,
Agradeço a visita, e sempre que posso, faço uma visita na sua casa, sim!!!
Um grande bjo

Camila disse...

Vanessa,
Agradeço o coments. E com certeza, independente do que você acredita, se realmente carrega no coração, nunca estarás só!
Um grande bjo

Jujuba disse...

A solidao é essencial, pois ela nos edifica enquanto humanos e não apenas como seres-humanos. ^^