domingo, 15 de maio de 2011

Somos seres estranhos


Mudar de vida, dicas, dica,


Esta não é uma constatação nova, eu sei. Mas a cada dia que passa percebo que quanto mais procuramos respostas mais distantes elas ficam. Quando acho que estamos no caminho certo, lá vem uma bomba e temos que começar tudo do zero. Nunca aprendemos com os nossos erros, isso é fato. Falamos tanto em aprendizagem, mas continuamos a bater na mesma tecla. 

Exigimos tanto da vida que estou vendo a hora em que ela vai se virar contra nós e perguntar: E aí, qual é a de vocês? Exigimos de tudo e de todos que perdemos a noção das coisas. Temos tudo, absolutamente tudo o que queremos. Pensem na vida como um todo e não somente em áreas específicas. Falamos, movimentamos, sentimos e vivemos. Se falamos, por que não usar as palavras para semear coisas boas? Nos movimentamos para tantas coisas e não ajudamos o próximo, a não ser por interesse. Temos todos os sentimentos do mundo e não sabemos como controlá-los e usá-los da melhor maneira possível. Temos uma vida toda para viver e ficamos presos em pequenos detalhes. 

Acho que já está bem na hora de nos tornarmos adultos de vez. Chega de levarmos uma vida mentirosa, onde fingimos tudo. Vivemos na mais profunda mentira e acabamos que acreditando nela. Viver a realidade pode ser cruel ás vezes, mas é a melhor maneira de ser feliz. Vamos parar com essa história de que temos que acertar sempre, que não podemos errar. E se formos errar, que seja por uma tentativa e não por uma falta de iniciativa. 

Sempre fico imaginando como seria o mundo se todas as pessoas vivessem lutando pelos seus objetivos e sonhos. Viveríamos num mundo completamente insano, com pessoas apaixonadas pela vida e não teríamos tantas doenças como à depressão, síndrome do pânico e outras. 

Gostaria que todas as pessoas que lessem esse texto, a partir de agora abandonassem qualquer hábito e padrão que o impede de alcançar sua felicidade. Diga mais sim do que não, olhe nos olhos, sorria mais, seja quem você sempre quis ser, conheça novas pessoas e novos lugares, não critique tanto, deixe a tristeza de lado, mas nunca a abandone, chore mais, fale sobre o que você sente, não tenha vergonha, exponha todas as suas opiniões e respeite sempre o próximo.

Vamos viver, vamos ser e vamos fazer!!!

Um comentário:

Joao Lucena disse...

Tenho um blog de viagens que talvez você queira seguir também. Eu gostei do seu blog. keep de good work and be happy, allright?